Menu Páginas
Twitter Facebook Google Plus You tube
Categorias de Menu

Postado por em out 29, 2015 em Cartão de Visita | Nenhum Comentário

Como deve ser um bom cartão de visita

Como deve ser um bom cartão de visita

Para saber como deve ser um bom cartão de visita, a Mais e Mais explica. Um bom cartão de visita é aquele que atende exatamente a expectativa de quem recebe, que é tirar quaisquer dúvidas sobre o que a empresa ou pessoa faz e possuir informações de contato com ela. Para isso é importante que seu cartão de visita seja básico e objetivo, facilitando a leitura e a localização das informações.

Uma forma prática para atingir essa clareza das informações é colocar os dados principais, logotipo e descrição dos serviços em no máximo 2 linhas na frente do cartão. Utilize o verso para colocar o endereço, telefones, e-mail e nome de contato, caso seja preciso, e evite colocar muitas informações para que não fique muito poluído, passando uma imagem de desorganização e desleixo para sua empresa. Fique atento as dicas abaixo para não errar:

  • Não inclua o DDI se você não exporta ou importa produtos para outros países.
  • Se o seu negócio é local, regionalizado, não há necessidade de incluir DDD ou UF (SP, RJ, PR).
  • Nunca insira a operadora do celular para não criar barreiras para o cliente de outra operadora ligar. Que tal esperar o cliente ligar e você oferecer para retornar a ligação para um fixo, para que reduza o custo do cliente? Surpreenda-o já no primeiro contato!
  • A possibilidade de o cliente acessar suas redes sociais através da divulgação feita em seu cartão de visita é bem remota, por isso inclua essas informações apenas se não tiver um site.
  • Não deixe muito extenso a descrição dos serviços realizados pela sua empresa, faça um resumo claro e objetivo.

Lembre-se da velha máxima “mais é menos”, o cartão não é um panfleto, deve ser sucinto, seu objetivo é o contato imediato do cliente. Se você não consegue descrever o seu negócio em uma frase, o seu cliente também não lembrará facilmente do que você faz.

Formato

Formato

O formato do cartão de visita em geral é padrão, 9cm x 5cm. Esse tamanho foi definido não por acaso, ele é muito próximo do tamanho de um cartão de crédito, logo, cabe em qualquer carteira. Sendo assim, antes de optar por cartões de visita maiores, analise se o seu armazenamento será fácil, excluindo a possibilidade de que ele seja esquecido em qualquer lugar.

Além disso, alguns cartões apresentam cortes especiais (facas) que podem ser utilizados para ramos específicos de mercado, porém esse recurso enfraquece o cartão, pois diminui a área do cartão favorecendo dobras e rasgos. Em outras palavras, o cartão com faca especial pode ser impactante, mas pouco resistente ao ser manuseado, causando o efeito oposto depois de algum desgaste.

Para evitar transtornos como os itens citados acima, o mais indicado é a opção pelo cartão com bordas arredondadas, pois atende todas as exigências do mercado e ainda apresenta um design moderno e diferenciado que pode ser aplicado em diversos segmentos.

Acabamento

AcabamentoBasicamente são 2 tipos de acabamento: Verniz Total Frente e Verniz Localizado com Laminação BOPP (laminação fosca).

No primeiro formato, o verniz é aplicado sobre toda a frente do cartão de visita, valorizando um lado específico, esse lado pode ser o lado que contenha o logotipo da empresa ou outras imagens importantes, por exemplo.

Já no cartão com laminação fosca, o verniz pode ser aplicado somente nas informações relevantes, como logotipo e nome do representante, isso valoriza ainda mais a sua empresa. Outra vantagem desse cartão é que a exposição à umidade ou mãos molhadas não o danificam, pois a laminação o protege.

Padrão de cores

Padrão de cores

A escolha de cores é realizada de acordo com a paleta de cores do seu logotipo, pois é preciso manter sempre um padrão de comunicação para que a sua marca seja memorável para seu cliente. Cartões com o fundo claro, como branco  bege, reforçam as cores dos logotipos, enquanto cores escuras podem dar mais destaque ao texto.

Para a escrita, opte sempre por fontes convencionais (como Arial, Myriad Pro, Calibri, Tahoma) pois estas são mais seguras, legíveis e fáceis de ler em tamanhos reduzidos, uma vez também que as pessoas já estão mais acostumadas a lê-las. Além disso, é importante que haja contraste entre o texto e o fundo. Opte por cores que facilitam a leitura como, por exemplo, texto escuro sobre um fundo claro.

Os cartões são impressos em padrão CMYK (Cian, Magenta, Yellow e blacK), essas quatro cores quando combinadas, podem formar quaisquer outras cores que podemos ver no cartão. Assim, um cartão pode ser:

  • 4×0 frente colorido, e verso em branco
  • 4×4 frente e verso coloridos

Gramatura

Gramatura

A gramatura é uma medida utilizada para impressos, que leva em consideração quantas gramas há em cada metro quadrado de papel. A gramatura tem relação direta com a espessura, sendo assim, quanto maior a espessura maior a gramatura. Você poderá encontrar cartões em 240g ou 300g, porém indicamos a você optar por cartões em 300g, pois são mais resistentes e darão uma melhor apresentação para a sua empresa.

Quantidade

Quantidade

Os cartões são produzidos em múltiplos de 1000 unidades. Você poderá encontrar em algumas situações a disponibilidade de 500 unidades, porém como os custos de produção são praticamente os mesmos, uma tiragem de 500 unidades é aproximadamente 70% do valor do milheiro, o que acaba não compensando.

Com essa leitura você pôde concluir que não é preciso incrementar muito em seu cartão de visita. O modelo com bordas arredondadas, laminado e envernizado pode ser aplicado em qualquer ramo empresarial e atende as necessidades de apresentar informações de forma clara e com um design moderno.

Priorize por uma imagem profissional que se preocupa com os pequenos detalhes, conquistando a atenção de clientes e futuros parceiros de negócios. E lembre-se, o design perfeito é aquele tem a “cara do seu negócio” e para isso conte com a Mais e Mais Vendas!

Deixe um Comentário

Comentários