Menu Páginas
Twitter Facebook Google Plus You tube
Categorias de Menu

Postado por em maio 4, 2018 em Marketing | Nenhum Comentário

5 dicas para aumentar as vendas mesmo na crise

5 dicas para aumentar as vendas mesmo na crise

5 dicas para aumentar as vendas mesmo na crise

A palavra “crise” é repetida diversas vezes no mundo corporativo. Mas, enquanto algumas empresas acreditam não ter força para enfrentá-la, outras conseguem fazer dela um trampolim para o sucesso, usando estratégias que ajudam a aumentar as vendas mesmo na crise.

E é sobre este assunto que iremos tratar neste artigo. Vamos falar sobre dicas que podem ser usadas por empresas de qualquer segmento.

Depois de aplicar as 5 dicas para aumentar as vendas mesmo na crise você irá perceber como simples mudanças podem salvar o seu negócio ou fazê-lo crescer ainda mais. Vamos lá?

 

  • Identifique as oportunidades

 

identifique-as-oportunidadesAo contrário do que se possa imaginar, as pessoas não param de consumir no período de crise. Em vez disso, elas substituem alguns itens por outros que sejam mais vantajosos, seja devido ao menor preço, melhor qualidade e durabilidade ou, ainda, motivadas por outros fatores.

Por isso, em um cenário financeiro debilitado, é possível encontrar diferentes formas de vender, como identificar produtos ou serviços alternativos ou realizar promoções. O importante é que o cliente perceba que está recebendo uma vantagem ao optar pela sua oferta.

Exemplo: um salão de cabeleireiro oferece o serviço de coloração de mechas por R$300,00 e os donos percebem que a procura pelo serviço caiu e o salão tem ficado vazio. Uma sacada para despertar o interesse nas clientes é fazer um pacote, pelo mesmo preço, oferecendo um outro serviço que seja interessante para as mulheres, como uma hidratação ou escova. O fato do cliente saber que irá pagar o mesmo valor, porém irá ganhar de cortesia um outro serviço, desperta a sensação de “ganho” e o incentiva a optar por este salão que está oferecendo algo diferente do que o cliente tem visto no mercado.

 

  • Observe o mercado

 

O mercado tem muito a ensinar. Por isso, é válido saber o que anda fazendo a concorrência e quais estão sendo os resultados. Esse exercício de observação pode servir de inspiração para o desenvolvimento de estratégias que virão a gerar mais receitas para a sua empresa.

Preste atenção nas mudanças de preços, prazos, formas de entrega, promoções e demais ações da concorrência e avalie o que a sua empresa pode fazer para se tornar mais interessante aos olhos do consumidor.

 

  • Invista na divulgação

 

invista-na-divulgacaoO corte de custos é uma das primeiras atitudes tomadas pelas empresas afetadas pela crise, e um dos itens a sofrer redução é o investimento em marketing. Porém, o marketing não deveria ser visto como um custo, mas como um investimento capaz de, efetivamente, aumentar as vendas e, com isso, ajudar a empresa a superar a crise.

Logo, manter ou até mesmo aumentar o investimento em divulgação é uma atitude essencial durante um período de vendas ruim.

Lembre-se que se o cliente não souber que sua empresa existe, logo ele não irá consumir nenhum produto ou serviço oferecido por você.

Assim, esteja presente na internet, trabalhe o posicionamento da sua marca e dos produtos ou serviços oferecidos e invista na divulgação, pois hoje já existem maneiras de divulgar, sem ter que esfolar o seu orçamento. Esteja atento às oportunidades.

 

  • Envolva a equipe

 

A relação da empresa com os funcionários deve ser transparente. Por isso, informe à sua equipe que a empresa está passando por um período difícil e que você precisa da ajuda de todos para superar.

Realize uma campanha interna de conscientização, incentivando atitudes sustentáveis como o banimento dos itens descartáveis, a economia de água e energia, etc. Neste ponto, hábitos simples, como cada um levar sua própria caneca ou desligar as luzes quando sair para almoçar, já reflete positivamente na redução do custo mensal.

Além de envolver os funcionários na questão da economia, mostre que eles são as peças-chave na reversão da situação, pois a empresa precisa da dedicação de cada um para fechar as vendas e, assim, melhorar a receita.

Reforce os pilares de trabalho em equipe e os faça enxergar que eles também serão beneficiados futuramente, quando todas as metas forem batidas.

 

  • Não se acomode

 

Não se acomodeO comodismo é um grande vilão quando a questão é aumentar as vendas. Claro, sabemos que é difícil trocar aquele fornecedor que você tem uma relação de anos por outro com o qual nunca trabalhou. Mas, no mundo dos negócios, os riscos são necessários e, tomando as devidas precauções, eles podem ser potencialmente minimizados.

Não se prive de arriscar uma nova forma de venda, um novo produto ou serviço ou, até mesmo, uma nova marca. É necessário ter ousadia para inovar e crescer.

Deste modo, é preciso que você esteja sempre atento ao mercado e as oportunidades que aparecem a todo momento para aqueles que estão abertos a ela.

Agora que você já sabe quais são as 5 dicas para aumentar as vendas mesmo na crise, não perca tempo! Coloque-as em prática e boas vendas!

Deixe um Comentário

Comentários